Frota própria x frota agregada: é melhor comprar um caminhão ou contratar um autônomo? Uma dúvida que custa muito dinheiro

Decidir entre ter uma frota própria ou contratar uma frota agregada é uma escolha que muitos varejistas precisam fazer. Esta escolha influencia diretamente no sucesso ou fracasso da empresa. Saiba como tomar a melhor decisão para o seu negócio!

As incertezas sobre a economia, a concorrência pesada e a dificuldade em contar com bons colaboradores são apenas algumas das difíceis situações que empresas do setor do varejo precisam lidar diariamente. Todo gestor deseja oferecer um produto e um serviço de qualidade sem perder dinheiro e, para isso, é preciso optar pela estratégia de logística que melhor serve ao seu negócio. 

Se você atua no comércio varejista, ao buscar o melhor custo-benefício para sua empresa você certamente já se perguntou: “devo ter uma frota própria ou uma frota agregada (motoristas autônomos)?”.

Com o crescimento do e-commerce e das entregas em domicílio, esta é uma dúvida que passa pela cabeça de todo comerciante varejista. A escolha do melhor modelo de entregas a ser adotado tem um impacto direto nos custos e na própria viabilidade do negócio – é a chamada logística do varejo, com vantagens e desvantagens nas duas opções.

É para falar justamente sobre os prós e contras que os dois modelos de entrega trazem para o seu negócio que preparamos este texto: fique conosco e entenda quando é o melhor momento para implantar na sua empresa a frota própria ou a frota agregada!

Leia também: Entregas do varejo: vale a pena ter uma frota própria? 

Por que você deve definir qual tipo de frota será usada na sua empresa?

A frota própria, como você já sabe, consiste em investir em infraestrutura, na compra de veículos próprios e na contratação e treinamento de funcionários. 

A frota agregada, por outro lado, é a utilização de caminhoneiros autônomos e transportadores que são donos de seus próprios veículos e que vão prestar os serviços de entrega para sua empresa. Nesse caso, não é preciso fazer investimentos, porém os veículos não são padronizados, você pode perder a frota para concorrência e o custo do frete varia conforme a demanda do mercado.

É fundamental que o varejista defina de maneira eficiente qual será o tipo de frota utilizada para realizar as entregas do seu negócio. Esta escolha, quando é feita da maneira correta, tira do caminho qualquer incerteza com relação à gestão de entregas e torna mais fácil entender qual é o cenário logístico que melhor se encaixa em sua empresa. 

Se você não escolher entre a frota própria ou a frota agregada com base nos objetivos e nas necessidades do seu cliente, é grande a chance de que a logística de entregas se torne desorganizada e insuficiente para atender as demandas do negócio. Para piorar, os clientes ficam insatisfeitos com o serviço que você está oferecendo.

Você não quer colocar seu negócio em risco porque não escolheu o melhor modelo de entregas para ele, não é mesmo? Mas não se preocupe: você só precisa entender melhor como funciona cada modelo para descobrir qual deles se encaixa no tipo de serviço que é oferecido por sua empresa.

Siga conosco até o final do texto para entender exatamente em quais cenários é melhor adotar a frota própria e quando é que a frota agregada se torna mais indicada!

Como escolher entre a frota própria e a agregada?

Tanto a frota própria, quanto a frota agregada apresentam vantagens e desvantagens, você precisa analisar o cenário com calma para encontrar a solução mais adequada para sua empresa.

Quando o uso da frota própria é o mais indicado:

● Se você pretende oferecer serviços especializados que atendam cada cliente do seu varejo de forma personalizada, a frota própria é a escolha certa – ela permite oferecer mais pontualidade, flexibilidade de horários, correção de imprevistos e dá a chance de criar um melhor relacionamento com o cliente;

● A frota própria também é mais recomendada para negócios que atuam em nichos específicos e que têm dificuldade para encontrar entregadores qualificados para realizar serviços – como entregas 24 horas e o manuseio especializado de carga e descarga; 

● Calcule o retorno do investimento (ROI), ou seja, em quanto tempo o investimento na aquisição da frota se paga comparando com o valor que a empresa vai pagar de frete e também no volume de entregas. 

● Quanto mais o veículo rodar mais rápido será o retorno do investimento. Você não deve comprar um veículo se ele vai ficar parado vários dias da semana

● Além de comprar o veículo, também é necessário contratar e capacitar o motorista. Lembre-se que a durabilidade da frota depende muito do condutor.

● Precisamos ressaltar que, quando a adoção da frota própria se justifica, é preciso arcar com as despesas da frota e levar em conta a situação das ruas e estradas, já que vias ruins danificam o veículo e aumentam os custos da empresa. Leve em conta as características das mercadorias que seu negócio entrega para tomar esta decisão. 

● Não esqueça de considerar o plano de expansão da sua empresa, se o volume de entregas aumentar e você optou por frota própria, também será necessário investir no aumento da frota.

Quando o uso da frota agregada é a melhor recomendação:

● Se o seu negócio do varejo possui um volume de entregas reduzido e um baixo valor agregado das mercadorias, a frota agregada pode ser uma boa escolha para reduzir os custos operacionais: assim você não precisa investir na compra de veículos e ainda economiza na manutenção e na depreciação natural da frota;

● Quando sua empresa opta por um contrato de prestação de serviços, recebe a garantia de que sempre terá um profissional disponível para realizar o transporte das mercadorias: se o transportador terceirizado não efetuar o serviço, ele não recebe; 

● Verifique se existem motoristas e veículos disponíveis que sejam adequados ao tipo de entrega que deseja oferecer aos clientes.

● Faça um levantamento dos valores de frete cobrado pelos agregados e também qual a fidelização destes motoristas , na sua região. Valores, disponibilidades e nível dos motoristas variam muito de região por região.

● Analise a idade da frota agregada, quanto mais antigos os veículos, maior a chance de quebrar e você ficar na mão

● Geralmente existe mais rotatividade em motoristas agregados, sendo assim será necessário investir frequentemente em treinamentos. Os clientes se acostumam com os motoristas e se houver muita troca o nível de satisfação do cliente pode cair.

● Existe ainda outra possibilidade para os modelos de entrega: unir as duas opções em uma frota mista, onde parte dos veículos são agregados e parte dos veículos são próprios. Ao adotar esta opção, o varejista pode escolher quando irá usar a frota própria ou a frota agregada de acordo com a situação e levando em conta a melhor rota para cada entrega. 

Escolheu qual o tipo de frota? Entenda o que você precisa para controlar todas as sua entregas

A escolha entre a frota própria e a frota agregada é muito importante para o sucesso do seu negócio varejista – mas você precisa ter controle sobre todos os motoristas e todas as entregas independente do modelo que escolher. Para dar a seu cliente o melhor atendimento, os motoristas precisam ser bem preparados e controlados com os recursos mais eficazes, sejam eles motoristas da frota própria ou da frota agregada.

O melhor aplicativo de entregas dá a você controle total sobre o andamento de todas as entregas do seu negócio, tanto as realizadas por motoristas próprios quanto as feitas por motoristas agregados. Um controle simples e prático, em que você não precisa ficar ligando atrás de cada motorista para saber exatamente onde estão e se a entrega será realizada com sucesso.

Com o APP TudoEntregue, você só precisa instalar o aplicativo (que é o mais leve do mercado) no celular de seus motoristas para conseguir acompanhar e gerenciar todas as entregas em tempo real a partir do painel de gestão online – a sua torre de controle. Com ela você soluciona rapidamente qualquer imprevisto e dá a seus clientes um atendimento muito mais qualificado.

→ Quer controlar melhor suas entregas? Faça um teste grátis no APP TudoEntregue! 

Crédito da imagem: Car photo created by freepik – www.freepik.com

Facebook Comments
Open chat
Sair da versão mobile