2 passos fáceis para evitar REENTREGAS e DIMINUIR OS GASTOS na sua TRANSPORTADORA

Diminuir reentrega transportadora

O motorista chegou no endereço da entrega, mas o estabelecimento estava fechado e não tinha ninguém para receber. Então, ele simplesmente volta para a transportadora com a mercadoria (gastando mais combustível) para tentar entregar de novo no dia seguinte. Quantas vezes você já viu essa cena acontecendo aí na sua transportadora?

Além de aumentar os custos, um número alto de reentregas pode indicar que alguns problemas precisam ser resolvidos, e com urgência.

Geralmente, quando existe uma reentrega, há uma cobrança adicional para seu cliente, o que vai aumentar o faturamento. Porém, é também um trabalho adicional e provavelmente seu cliente não vai gostar de pagar mais do que o que foi combinado no início do transporte. 

A reentrega acontece quando a primeira tentativa de entrega não for finalizada por responsabilidade do destinatário ou remetente. Geralmente o valor cobrado é 50% sobre o frete original, depende da negociação.

Analisando tudo isso, fica fácil concluir que sempre que temos uma reentrega é porque houve algum problema na entrega, seja por erro da transportadora, do cliente, do destinatário, ou outro problema qualquer que, na maioria das vezes poderia ter sido evitado.

Hoje, vamos te revelar duas ações simples que com certeza vão fazer toda a diferença, surpreender o seu cliente e ainda diminuir o número de reentregas que, consequentemente, vão diminuir gastos com combustível, manutenção e otimizar o tempo do motorista para fazer mais entregas por dia

1ª ação – Disponibilizar o status da entrega para o destinatário

Hoje em dia, ninguém tem mais paciência de esperar dias por uma informação. É por isso que aplicativos de comunicação como o WhatsApp já se tornaram indispensáveis no nosso dia a dia. 

Quando fazemos uma compra, não é diferente. Queremos saber tudo sobre o andamento da entrega para ter certeza de que receberemos dentro do prazo. Com certeza o seu cliente também pensa dessa forma.

Por isso, a primeira ação que vai fazer toda a diferença no sucesso das suas entregas é disponibilizar para o destinatário o status da entrega.

Você pode disponibilizar para o cliente um link de rastreio para que ele mesmo possa verificar o status da entrega sempre que quiser, parecido com o dos Correios, sabe?

Assim, ele mesmo consegue consultar o andamento das entregas a hora que quiser, sem precisar te ligar.

“Mas como isso ajuda a evitar reentregas?” Simples: o destinatário conseguirá saber exatamente em qual etapa a mercadoria dele está, se está em separação, se já está em trânsito. Dessa forma, ele consegue se preparar para recebê-la e as chances de o motorista “dar com a cara na porta” são infinitamente menores.

Então, disponibilizando um link de rastreio para o seu cliente você:

  • evita reentregas, e consequentemente diminui os custos com combustível;
  • mantém o cliente informado e satisfeito;
  • diminui as ligações e reclamações, porque o cliente já terá as informações em mãos para consultar quando quiser.

2ª ação – Enviar mensagem ao destinatário minutos antes da chegada do motorista

Outra dica é avisar o destinatário (por SMS, por exemplo) quando a mercadoria estiver chegando, para que ele se prepare para receber. 

Essa estratégia já é muito utilizada por grandes empresas de entrega, como o Ifood, por exemplo, que envia uma notificação para o cliente quando o entregador está próximo ao endereço.

No caso da sua transportadora, um ótimo aplicativo que notifica o destinatário por SMS quando o motorista estiver chegando é o TudoEntregue.

Com o TudoEntregue você também consegue disponibilizar o link de rastreio para o destinatário, colocando em prática a primeira dica que falamos aqui.

Além disso, com todas as ocorrências e as baixas de entregas registradas pelo motorista no aplicativo, no final do dia você consegue verificar através da Torre de Controle do TudoEntregue se os motoristas conseguiram finalizar todas as entregas e ainda terá um histórico de tudo o que aconteceu no caminho até o destinatário.

Esse histórico é importante até mesmo para servir como um respaldo em caso de mal entendido. Por exemplo, se o motorista chegou no destinatário e não tinha ninguém para receber a mercadoria, ele pode tirar uma foto para comprovar que ele esteve no endereço no horário combinado. Com esses dados, você também consegue fazer análises e medir a performance de entrega dos motoristas e da transportadora como um todo. 

Conta aqui embaixo nos comentários o que achou dessas dicas e como você pretende colocar em prática aí na sua transportadora.

Se você gostou dessas dicas, compartilhe esse conteúdo com seus amigos transportadores. Muito obrigada e até a próxima!

Comentários